Tradutor - Translate

30/11/13

Esmaltes sem riscos

Esmaltes
Olá meninas e meninos tudo bem?

Hoje vou falar de um assunto importante para nós mulheres, que gostamos de estar lindas e maravilhosas. Vou falar sobre os esmaltes, tirar algumas dúvidas, achei bem legal esse artigo que li na revista Saúde julho de 2012, e trouxe para nós. 

De uns tempos pra cá o esmalte deixou de ser um mero cosmético pra ganhar status de acessório, tornando-se tão importante quanto uma bolsa ou um sapato na composição do nosso look. E faz um bem danado para a autoestima não? Mas como ficam nossas unhas, isso é bom?  Pode causar algum prejuízo?

Vejamos então como funciona isso.
- Segundo a dermatologista Denise Steiner, presidente da sociedade Brasileira de dermatologia (SBD), pincelar o produto todas as semanas e, consequentemente, abusar das acetonas ou de outro removedor pode ressecar as unhas, deixando-as esbranquiçadas e causando sua descamação. Mas isso não é regra. A principal questão não diz respeito ao número de vezes que o cosmético é utilizado, e sim se ele é  capaz de desencadear  reações alérgicas.

- O quadro diga-se de passagem, não é raro, aproximadamente 10% da população tem alergia a esmaltes, sabiam disso? Na maioria dos casos, ela está associada a um solvente chamado tolueno, responsável por acelerar a secagem. O formaldeído substância que ajuda a conferir aderência e durabilidade ao produto, é outro que está por trás de reações, adversas, como as mais importantes como vermelhidão e coceira nos dedos e nas áreas que sofreram contato, como mãos, rosto, pescoço e orelhas, enfim, onde você mais costuma passar as mãos.

- A alergia pode aparecer em qualquer idade.  As substâncias comumente identificadas como estopins de quandros alérgicos são considerados tôxicos e por isso, a inclusão na fórmula é restrita nos Estados Unidos e também no Brasil. Vale lembrar que uma delas chamada dibutilftalato, foi tachada de cancerígena. Por isso oram realizados testes em animais em concentrações elevadas para verificar as consequências. Aqui no Brasil as empresas têm respeitado a legislação,  nos assegura Josineide Sallum, gerente-geral de cosmésticos da Agência Nacional de Vilgilância Sanitária, a Anvisa.

- Bom, agora falando de unhas fracas, como as  minhas, a tática é ficar mais tempo com o mesmo esmalte, isso porque o uso constante de itens para extrair o cosmético pode provocar esse estado de fraqueza generalizada. Pois trata-se de produtos que tem a capacidade de penetrar na unha e dissolver estruturas que lhe conferem maleabilidade. Ela então se torna porosa, áspera e menos flexível, explica o farmacêutico e especialista em cosmetologia Maurício Pipo.
Esmaltes

- Bem meninas, como não dá pra ficar eternamente com um único esmalte, a unha cresce, a cor desbota, alguns trechos lascam, ou a gente enjoa, então uma boa estratégia para minimizar os estragos é optar pelo removedor, ele é menos prejudicial porque tem componentes hidratantes em sua composição, além de apresentar um ph mais compatível com o da pele. Já bem mais agressiva a acetona resseca a pele e as unhas sem contar que o cheiro forte do líquido pode irritar as vias aéreas superiores.

- E para  as moças que tem o péssimo costume de retirar o cosmético com os dentes, recorrendo ao removedor só para eliminar os fragmentos mais teimosos, fica o alerta: Tal comportamento tende a causa e danos como manchas brancas, depressões e até estrias nas unhas. 

- Mas se com todos os cuidados possíveis ainda sim suas unhas não estiverem firmes e bonitas, o melhor a fazer é investigar outras possíveis causas para tamanha debilidade. Deve-se considerar quadros como hipotireoidismo e anemia, além de outras carências nutricionais.

- Portanto, esmaltar e esmaltar constantemente está longe de ser o fator que origina problemas na região, algumas pessoas é claro, precisam prestar mais atenção, e não só os alérgicos, nas crianças, o ideal seria passar um esmalte à base de água, porque não contém  solventes.

Mamãe
- Futuras Mamães, o recomendado é dar um tempo na manicure durante os primeiros três meses de gestação, mesmo depois desse período, um pouco de cautela é mais do que bem vindo. Seria interessante usar uma máscara no momento das pinceladas por causa dos solventes. Depois que eles evaporam e o produto seca, não há problemas. ao menor sinal de complicações, procure um especialista é imprescindível.


Mitos ou Verdades?
Dizem que as unhas precisam respirar antes da próxima manicure mito ou verdade?
* Nada disso, afinal estamos falando de um tecido totalmente morto, prova disso é que a gente não sente dor ao cortar as unhas, portanto pode trocar a cor sem intervalos.

Esmaltes escuros deixam as garras mais resistentes:
* O tão alardeado truque não passa de um grande mito, isso porque a única diferença ente os tons claros e escuros é a presença de pigmentos, de resto a fórmula é exatamente a mesma.

As alérgicas podem passar uma base hipoalergênica e qualquer esmalte por cima:
* Falso, essa espécie de isolamento não funciona porque o esmalte entrará em contato com a pele de qualquer maneira, causando reações.

Usar coloridos com frequência mancha as unhas?
* Balela, se elas estão com um tom diferente é porque o esmalte não foi removido direito, o que realmente provoca  manchas é o cigarro.

Não é bom tirar a cutícula?
* De fato, o ideal é mantê-la intacta, já que se trata de uma barreira de proteção contra bactérias e fungos, micro-organismos que podem causar infecções.

Deixar as mãos na água fria evita bolinhas?
* Em dias quentes ajuda. ´e que quando a temperatura do corpo está elevada os solventes demoram a evaporar, mantendo o esmalte molhado e mais propenso à formação dessas deformidades. Mergulhar os dedos em água gelada evita o processo.

Produtos à base de formol fortalecem as unhas?
* Depende. elas até podem ficam duras, mas o efeito é temporário, no final das contas, tornam-se mais quebradiças. Para fortalecê-las o primeiro passo é caprichar na dieta.
Esmaltes

Bom meninas, o post ficou meio extenso, mas acho que valeu pelo conteúdo ser importante. Espero ter ajudado algumas com problemas nas unhas, mas não há porque se preocupar, afinal existem os tratamentos, que geralmente são tópicos com medicamentos a base de corticóides. As vezes é preciso apelar para antialérgicos orais,  resolvido o problema as unhas só deverão ser esmaltadas com produtos que não contenham as substâncias alergênicas. 

Mas SEMPRE na dúvida, procure orientação especializada, não deixe o quadro se agravar, CUIDE-SE, AME-SE!!! E sinta-se uma DIVA todos os dias!!! 

Como você cuida de suas unhas? Qual seu segredinho com os cuidados de suas unhas? 

Deixe-nos sua opinião, ela é muito importante para nós!
Abraços e carinhos, até a próxima ...
My
Esmaltes

10 comentários:

  1. Muito bom esse seu post , parabéns .

    Post novo no blog , beijos http://blognao-permito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Informações importantes é sempre bom saber disso, não vejo muito falando sobre isso nos blogs principalmente os de moda, ótimo post esclarecedor para todas nós, My beijos.

    ResponderExcluir
  3. Pra dizer a verdade meu maior cuidado com as unhas é tentar parar de roe-las,o que venho conseguindo aos poucos graças á Deus,parabéns por abordar este tópico sobre a saude das unhas.
    beijos
    https://www.facebook.com/fashionvinteum
    http://fashionvinteum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Achei legal a parte da postagem sobre mitos e verdades, bem esclarecedor... uso pouco esmaltes, mas de vez em quando é legal colocar uma corzinha nas unhas. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Muito legal! Na minha gestação eu não pintei as unhas, até também por indicação da medica, eu não tiro as cuticulas, so dos ladinhos, tem gente que não gosta, mas ai né vai de cada um. um beijo

    ResponderExcluir
  6. Muito legal esse artigo que vc nos trouxe, eu estou dando um tempo de fazer as unhas, não pq tive problemas com elas, mas pra deixar elas um pouco livres tb, minhas unhas quebraram tb, e estou na fase mais livre, sem culpa por não pintar ou não estar de acordo com a moda e tal, mas temos que ter muiiiiito cuidados com a nossa saúde, e isso engloba tudo, até a rachadura dos pés. bjs Minda.

    ResponderExcluir
  7. Eu sempre deixo minha unha sem esmalte uns dias pra descansar kkk, agora não vou fazer mais. E eu só uso removedor, acetona acaba com a minha unha. Amei o post

    ResponderExcluir
  8. Estou sempre com as unhas pintadas. Acredito também, que temos que dar um tempo, para tipo as unhas respirarem. Bem legal esta abordagem. Bjus
    BlØg d4 K@ss!nha GØme$

    ResponderExcluir
  9. Eu fico um bom tempo sem esmalte, as vezes 1 mes, pq demoro demais pra pintar amei seu post bjs

    ResponderExcluir
  10. verdade por isso que sempre que posso vivo de esmalte tiro um e coloco outro e assim vai indo
    adorei o post
    bjs
    http://clubedabelezaemaquiagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem vindo(a), sua presença nos deixa muito feliz!
Bjos,
Volte Sempre!

Receba no seu email

Coloque seu email:

Assine nosso FeedBurner

.

.

Divulga Links

Siga-nos por Email

Postagens populares