Tradutor - Translate

28/08/16

Há vida após a depressão

Olá meninos e meninas!

Hoje o assunto é sério, quero falar um pouco sobre o mal que atinge as pessoas de uma forma avassaladora e que vem de uma forma tão sorrateira e silenciosa que quase nem percebemos que temos o problema, hoje quero falar de uma doença grave, a Depressão.

Sim eu tive depressão!


Depressão
Eu passei por isso, cheguei no fundo do poço se assim posso dizer, não foi fácil passar por isso, foram alguns anos de medicação e terapia até que eu consegui sair do problema. Com o passar do tempo e ao ir diminuindo a medicação, quando parei com tudo (com supervisão médica) pensei estou curada, e segui a vida na boa, (como antes da doença), embora com algumas mudanças, porque ninguém passa por isso e continua a mesma pessoa.

O que mudou em mim?

Auto confiança, passei a acreditar mais em mim, a respeitar mais minhas limitações, parei de subestimar as coisas só porque não as entendo, aprendi muito, passei a me conhecer melhor.

Não estou dizendo que foi bom, aliás jamais diria isso, mas teve sim um bom resultado, após toda a tempestade, veio a calmaria e junto dela, um pouco de paz, de amor próprio entre outros bons sentimentos ...

Mas erroneamente eu acreditei na cura absoluta, ledo engano, foi só eu me descuidar, voltar aos velhos hábitos, e ela voltou, não com a mesma intensidade, pois agora eu já sei reconhecer os sintomas, então pude antes de chegar ao fundo do poço novamente, me tratar antes, dessa vez sem medicação, apenas com terapia.

Vamos conhecer um pouco e saber de onde vem a depressão e porque ela nos atinge?


Depressão em mulheres
A depressão é uma condição extremamente pessoal e tem como causa uma grande variedade de razões. Pode ser explicada por uma queda nos níveis de serotonina e dopamina no cérebro, neurotransmissores relacionados ao equilíbrio emocional. Dependendo da intensidade dessa diminuição, e dos tipos de neurotransmissores afetados, a doença se torna mais ou menos grave. 

Os três tipos mais comuns são:

  • Depressão maior: Combina sintomas como ansiedade, pessimismo, falta de energia para atividades cotidianas, diminuição do desejo sexual, fadiga, irritabilidade etc. Pode ocorrer somente uma vez ou repetir-se durante a vida.
  • Distimia: É uma variação mais leve, também conhecida como doença do mau humor, já que os sintomas típicos são irritabilidade, desânimo e falta de sociabilidade. 
  • Desordem Bipolar:  É a forma menos freqüente de depressão, também chamada de distúrbio maníaco-depressivo, que leva o indivíduo a flutuações de humor, rápidas ou graduais. A doença também pode desencadear distúrbios de sono e de apetite, perda da memória, dores de cabeça, problemas digestivos e, nos casos mais graves, até pensamentos suicidas
Os sintomas e as causas da depressão são diferentes de pessoa para pessoa, assim também são várias as formas, e caminhos para a melhoria da depressão. Ainda está longe o medicamento efetivo para esta doença, pois não é apenas uma disfunção na química cerebral. Depende muito de cada pessoa como ela encara a vida e reage aos problemas do dia-a-dia. 

Ou seja, o que funcionou ou funciona para para mim, necessariamente  pode não funciona para outra pessoa, da mesma forma que não há apenas um tratamento adequado para todos os casos.  

Compreender a causa da depressão pode no ajudar a superar o problema, pois essa é uma doença que  afeta pessoas de todos os tipos, raças, sexos e situação sócio econômica, resumindo ninguém está imune.

Quais os motivos que podem levar a depressão?

  • Solidão
  • Falta de apoio social
  • Vida muito estressante
  • Histórico familiar de depressão
  • Problemas de relacionamento ou conjugal
  • Tensão financeira
  • Trauma ou abuso de infância
  • Uso de álcool ou drogas (alguns medicamentos)
  • Situação de desemprego ou o subemprego
  • Problemas de saúde ou de dor crônica

E quais são os sintomas?

  • Sentimentos de desamparo e desesperança.
  • Sentimento de tristeza, ansiedade e desânimo. 
  • Perda de interesse nas atividades diárias, perda de energia e dificuldades sexuais. 
  • Alterações no apetite ou no peso (engorda ou emagrece).
  • Alterações do sono (dorme muito ou perde o sono).
  • Irritabilidade ou inquietação (constante).
  • Auto-aversão (forte sentimento de inutilidade ou culpa, criticar duramente a si mesmo por falhas percebidas e erros).
  • Problemas de concentração.
  • Dores inexplicáveis (aumento no número de queixas físicas como dores de cabeça, dores nas costas, dores musculares e dor de estômago entre outros).
  • Não conseguir controlar os seus pensamentos negativos por mais que se esforce, e ter pensamentos de que não vale a pena viver.
A depressão é considerada o quinto maior problema de saúde pública do mundo, atinge 121 milhões ou mais pessoas de todos os sexos e em todas as faixas etárias – inclusive crianças.
Depressão em crianças
A depressão é uma doença que vai além da tristeza. Ela simplesmente aniquila a vontade e o interesse por quase tudo que cerca a vida. Há uma desconexão com os sentimentos e simplesmente por mais que se tente reagir, não há uma reação positiva. A realização de tarefas corriqueiras e simples se torna um fardo. 

Homens tem depressão?


Depressão em homens
A American Psychiatric Association divulgou, no mês passado, um estudo mostrando que, de uma forma geral, a prevalência da depressão em pacientes do sexo masculino é tão grande quanto em mulheres, neles as características estão mais ligadas pela irritabilidade, explosões, pelo mau humor e também pela dor física

O homem não fica necessariamente melancólico e choroso, a doença pode esconder-se por trás da dificuldade para dormir, da falta de paciência com tudo e com todos, ou seja, não lamenta a vida, mas de alguma forma, o corpo chora.

 “Portanto não tem mais aquela história de duas mulheres com depressão para um homem deprimido."

Quando o emocional não vai bem, o corpo também padece.
Além de causar transtornos sociais na vida da pessoa, a depressão pode ser a porta de entrada para a manifestação de outras doenças. Como a mente se encontra doente, o corpo começa a ficar debilitado, a imunidade fica super baixa e aí começam a surgir os problemas. 

“A pessoa pode ter gripe constante, gastrite e úlcera (provocadas pelo estresse), dores no corpo (pela somatização), e ainda tonturas, enxaquecas e até síndrome do pânico. Além disso, a pessoa depressiva pode sofrer um quadro de anorexia nervosa, pela falta de apetite que a doença traz, ou então, comer compulsivamente desenvolvendo obesidade”.
Beijos
Bom, o que mais pode ser dito que ainda não foi colocado nesse post?
Se você sentir alguns desses sintomas, fique atento, não leve na brincadeira, procure orientação especializada, pois muitas vezes aquilo que pensamos controlar está longe da nossa capacidade de controle.

Antes de eu saber que estava com depressão, sempre achei que era bobagem essa doença, sempre pensei e confesso julguei os outros, achando que era frescura, que era só querer mudar de atitude e tudo ficaria bem. Foi preciso que eu passasse por isso (pela depressão grave) para entender que nem tudo podemos resolver sozinhos, que precisamos de ajuda sim, e que não é vergonhoso procurar ajuda psicológica, isso pode salvar nossa vida.

Eu confesso que se não tivesse procurado ajuda especializada, provavelmente não estaria mais aqui, porque sim, eu pensei em acabar com a minha vida, pois não via sentido em nada a minha volta. E eu tinha tudo, filhos saudáveis, casa própria, marido, também tinha muita fé e tudo que materialmente uma pessoa pode ter, e mesmo assim nada fazia sentido ou me deixava ser feliz.

Caso você tenha alguém por perto com os sintomas, não seja presunçoso de achar que sabe todas as respostas, nem tente resolver os problemas do outro, apenas de seu apoio e ajude a pessoa a entender que precisa de ajuda especializada (sem forçar a barra).

Não dê conselhos sobre aquilo que você não entende ou nunca sentiu, porque ao invés de ajudar você pode fazer com que a pessoa se retraia mais e mais, apenas se coloque a disposição, ouça sem fazer muitos comentários, deixe que a pessoa desabafe, mesmo que você não concorde com o que ela diga, apenas ouça, segure sua mão, deixe-a chorar,  mostre-se presente, não julgue, e não tente ser o seu salvador, pois você pode querendo ajudar acabar complicando mais o quadro. Digo isso por experiência própria, as vezes devemos entender que por mais que amemos uma pessoa ou queiramos o bem dela, muitas vezes não temos condição de ajudar.

Depressão é uma doença grave e pode levar a morte, então tenha cuidado, com você e com as pessoas a sua volta caso estejam nessa situação. ACREDITE depressão não é frescura, portanto NÃO SUBESTIME a doença! 
Felicidade
Apesar de tudo que a doença nos rouba, pode até não parecer, mas sim, Há vida após a depressão!

Abraços e carinhos, até a próxima ...
Beijos, Minda!
Minda Silva

31 comentários:

  1. Oi Minda,
    Tb já tive depressão e temos que ter cuidado para não ter recaídas.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  2. Otima dica pra quem sofre ou sofreu a depressão.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Minda depressão é um assunto sério que infelizmente afeta as pessoas, conheço uma amiga que mesmo tomando remédios pra depressão ela sente depressão, é muito angustiante isso, porém a pessoa que sofre de depressão precisa ficar rodeada dos familiares,dos amigos,ter apoio o seu post muito bom, a depressão pode acontecer com qualquer pessoa, Minda bjs.

    ResponderExcluir
  4. Oi Minda!
    Muita gente trata mesmo a depressão como frescura e nem imaginam o sofrimento de quem sofre com ela e da família.
    Não sei se vc viu ou ouviu, mas hoje esse é um dos assuntos o mais comentados aqui no RJ.
    Hoje por volta das 6,00 hs da manhã na BARRA DA TIJUCA (uma das áreas nobres aqui do RJ), n/condomínio de classe alta, um homem matou a mulher a facadas e se jogou com os filhos do 18º andar na piscina. Causa: depressão.
    Triste né amiga?
    Bjssss e uma semana abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
  5. Postagem maravilhosa amei dicas ótima para quem sofre deste mal,
    tenha uma semana abençoada, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  6. Olá tudo bom com você?
    Desejo uma boa noite
    Belo post descrito além de informativo o tema na qual aborda e interessante a depressão e uma doença que chegar a todos não tem raça nem classe social todos estamos sujeitos a passa por alguma depressão e quando você passa por uma fica marcas mas temos sempre que buscar solução é ajuda sempre já sofri uma vez mas aprendi com ela a olha a vida com outros olhos belo tema bom post até mas

    ResponderExcluir
  7. Excelente seu post, Minda!
    Conheço bem o assunto e faço uso de medicamentos...me fortaleço na graça de Deus e vocês, meus amigos e amigas tão queridos.
    Obrigada por visitar o blog!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Boa noite Minda.
    Que situaçao delicada amiga, e que bom que conseguiste superar. Achei a sua postagem uma alerta para muita gente, que sente ou tem parentes que estão enfrentando essa doença tão dificil. Uma linda semana e feliz més de setembro. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  9. Nunca sofri desse mal mas tenho pessoas próximas a mim que sim. Realmente avassaladora, por isso requer, além de muitos cuidados, pessoas que amam ao redor.

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
  10. Infelizmente é uma doença que vem crescendo
    nunca tive, por isso não costumo dar palpites sobre
    o post ficou bem completo
    bjs

    ResponderExcluir
  11. ESSE TEMA PARA MIM É BEM COMPLICADO,POIS TENHO SINDROME DE PANICO,E SO QUEM
    PASSA POR ISSO,ENTENDE,NÃO DESEJO A NINGUEM...POIS É UMA DOR INEXPLICAVEL. PARABENS PELO POST. E POR CONSEGUIR A CADA DIA SUA SUPERAÇÃO.
    BJS

    http://christine-blogdosligados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nossa muito triste esse tema
    ja vi muitas histórias e cada uma chega a um sentido só
    solidão
    gostei de saber mais sobre
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Post sério e muito importante!
    Parabéns pela iniciativa madura de abordar um tema que para muitas pessoas não é visto como uma doença.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Que bom que vc já está bem, eu passei por isso ainda criança, tive uma adolescencia bem deprimida tbm, depois fiquei bem e depois fiquei mal, aí foi qnd tbm fiz tratamento, desenvolvi ansiedade generalizada, agorafobia ... estou bem, mas às vezes tenho medo das recaídas quando fico triste sabe, a fé em Deus é o que sempre me ajudou muito, tbm sinto que mudei, algumas coisas para melhor mas jamais desejaria que ngm passasse por isso. beijos Minda!

    ResponderExcluir
  15. oi minda infelizmente este é um mal que assola muitas pessoas não é mesmo?
    bjus

    ResponderExcluir
  16. Depressão é uma coisa terrivel, convivo com algumas pessoas que sofrem disso e é péssimo, é preciso ter força e querer vencer isso..
    Esse post com certeza vai ajudar muita gente!!

    Blog: www.iathilamarques.com.br/
    Instagram: instagram.com/iathilamarques
    Fanpage: https://www.facebook.com/MakesAfinsByIathilaMarques

    ResponderExcluir
  17. Este é um assunto super importante de ser abordado já que tem muita gente que acha que é "frescura", mas é doença!
    Tenho um caso na família e sei bem como é...
    Beijos

    Blog|Canal

    ResponderExcluir
  18. Depressão é um assunto sério que afeta muito as pessoas, é angustiante sofrer de depressão.

    ResponderExcluir
  19. Muito oportuno esse seu post e esclarecedor, pois faz termos sabedoria para poder cuidar e de saber como nos comportar se alguém em nossa volta esteja passando ou passou por essa doença

    Beijos
    Rafael

    ResponderExcluir
  20. Esse tema precisa mesmo ser abordado.
    Gostei muito do post, não conhecia todos os sintomas.
    Bjão

    ResponderExcluir
  21. Esse tema precisa mesmo ser abordado.
    Gostei muito do post, não conhecia todos os sintomas.
    Bjão

    ResponderExcluir
  22. A depressão não é brincadeira,só quem sente sabe o quanto doloroso é
    Junto dela vem várias outras doenças e infelizmente ñ tem cura!
    Ótimo post!
    Bjus

    ResponderExcluir
  23. Que ótimo post, tive um probleminha parecido, mas não chegou a ser depressão, estou em tratamento e tomando alguns medicamentos, agora estou mil vezes melhor, mas com o apoio da minha família estou saindo dessa.
    Tem dias que me sinto mal e não quero fazer nada, mas penso muito em tudo que passei e começo a reagir, porque não desejo isso pra ninguém, é ruim demais.

    ResponderExcluir
  24. Nossa esse post me fez compreender mais esse quadro, tenho pessoas na família com esse mal e muitas vezes não sabemos como lidar com isso.

    ResponderExcluir
  25. Ótimo texto e reflexão, realmente depressão é algo muito triste, já por isso, e hoje vivo bem, graças a Deus! <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Muito bom seu post, vai ajudar muita gente, esse é um assunto tão serio e tão pouco falado...

    ResponderExcluir
  27. Olá Minda
    Primeiramente quero te parabenizar pela força, pela superação, pela fé e pela luz que proporciona quando diz que há vida após a depressão.
    Tenho duas amigas que tem e sei o quanto é difícil e dolorido para elas e para os familiares e amigos.
    Um excelente post, acima de tudo escrito com muita propriedade e sensibilidade.
    Infelizmente a depressão figura entre algumas das doenças mais complexas e num futuro próximo vai atingir um número alarmante de pessoas.
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  28. Cara, eu tenho depressao, ja fiz terapia, tomo remedio quando to mais 'desesperada'.. é horrível. E quem vê de fora acha que somos fracos, imaturos.

    ResponderExcluir
  29. Ja tive a "desordem bipolar " sei como é ruim mas depois q vc consegue sair vc aprende algumas lições. Òtimobpost bem completo

    ResponderExcluir
  30. muita gente pensa que depressão é frescura, mas leva até à morte otimo post bjo

    ResponderExcluir
  31. Parabéns pela postagem, super educativa!!
    Beijinhos Fê
    www.bloglovers.com.br

    ResponderExcluir

Seja bem vindo(a), sua presença nos deixa muito feliz!
Bjos,
Volte Sempre!

Receba no seu email

Coloque seu email:

Assine nosso FeedBurner

.

.

Divulga Links

Siga-nos por Email

Postagens populares