Tradutor - Translate

08/04/16

Seus atos lhe pertencem

Olá meninos e meninas!

Hoje é dia de mensagem, já havia lido a algum tempo atrás, e hoje ao rebuscar meus achados e perdidos achei novamente e trouxe para nós refletirmos.
A sabedoria do Samurai
A sabedoria do samurai 
Conta-se que, perto de Tóquio, capital do Japão, vivia um grande samurai.

Já muito idoso, ele agora se dedicava a ensinar o zen aos jovens. Apesar de sua idade, corria a lenda de que ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.

Certa tarde, apareceu por ali um jovem guerreiro, conhecido por sua total falta de escrúpulos. Era famoso por usar a técnica da provocação.

Utilizando-se de suas habilidades para provocar, esperava que seu adversário fizesse o primeiro movimento e, dotado de inteligência e agilidade, contra-atacava com velocidade fulminante.

O jovem e impaciente guerreiro jamais havia perdido uma luta.

Assim que soube da reputação do velho samurai, propôs-se a não sair dali sem antes derrotá-lo e aumentar sua fama.

Todos os discípulos do samurai se manifestaram contra a ideia, mas o velho aceitou o desafio.

Foram todos para a praça da pequena cidade e diante dos olhares espantados, o jovem guerreiro começou a insultar o velho mestre.

Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou todos os insultos conhecidos, ofendendo inclusive seus ancestrais.

Durante horas fez tudo para provocá-lo, mas o velho permaneceu sereno e impassível.

No final da tarde, sentindo-se exausto e humilhado, o impetuoso guerreiro retirou-se.

Desapontados pelo fato de o mestre ter aceitado calado tantos insultos e provocações, os alunos perguntaram:

Como o senhor pôde suportar tanta indignidade?

Por que não usou sua espada, mesmo sabendo que podia perder a luta, ao invés de mostrar-se covarde diante de todos nós?

O sábio ancião olhou calmamente para os alunos e, fixando o olhar num deles lhe perguntou:
Mestre
Se alguém chega até você com um presente e lhe oferece mas você não o aceita, com quem fica o presente?
Com quem tentou entregá-lo, respondeu o discípulo.

Pois bem, o mesmo vale para qualquer outro tipo de provocação e também para a inveja, a raiva, e os insultos, disse o mestre.

Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carregava consigo.

Por essa razão, a sua paz interior depende exclusivamente de você. As pessoas não podem lhe tirar a calma, se você não o permitir.
*   *   *
Sempre que alguém tentar tirar você do sério, lembre-se da sábia lição do velho samurai.

Lembre-se, ainda, que seus atos lhe pertencem. Só você é responsável pelo que pensa, sente ou faz.

Só você, e mais ninguém, pode permitir que alguém lhe roube a paz ou perturbe a sua tranquilidade.

Foi por essa razão que Jesus afirmou que só lobos caem em armadilhas para lobos.

Assim, aceitar provocações ou deixar que fiquem com quem nos oferece, é uma decisão que cabe exclusivamente a cada um de nós. Não esqueça jamais que seus atos lhe pertencem, e que as pessoas não podem lhe tirar a calma, se você não o permitir..
(Redação do Momento Espírita com base em texto de autor desconhecido.)
Pensemos nisso!
Beijos
Acredito que essa mensagem fale por si só, então não tenho muito a acrescentar, apenas que já faz um tempo que tenho tentado agir dessa forma, não é nada fácil para quem tem o sangue quente, que é impulsiva como eu, mas tenho conseguido me controlar na maior parte das vezes (não todas) e isso é muito bom, não deixar que a provocação dos outros te afete, e a sensação de ter o controle de si mesmo é boa demais!

E você? Consegue se controlar? Comente, deixe-nos sua opinião, ela é muito importante para nós!

Abraços e carinhos, até breve ...
Beijos, Minda!
Masso Vita



16 comentários:

  1. Para refletir...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. MUito bom mesmo !!!!! Concordo totalmente com esse pensamento , até porque aconteceu comigo, e me senti muito bem apenas ouvindo e deixando a "carga " para quem falava... abração, Jane

    ResponderExcluir
  3. oi!
    Linda mensagem :D adorei. Me fez refletir sobre alguns atos...
    bjo

    ResponderExcluir
  4. Verdade. Qualquer tipo de sentimento quando não aceitamos continua com a pessoa que veio entregar. Realmente cada um de nós somos responsáveis pelos sentimentos que carregamos dentro de nós. E é por isso que de vez em quando é preciso ficar em um canto só nosso e falar com Deus aquilo que temos dentro de nós e deixar que Ele cuide do nosso coração e nos encha da sua Paz. E continuar rejeitando qualquer tipo de sentimento que seja contrário.
    Gostei da reflexão! Como é bom ler coisas assim de vez em quando!
    Beijinhos!
    https://dulcineiadesa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa que lindo texto me deixou pensativa.
    Bjcas
    www.estou-crescendo.com

    ResponderExcluir
  6. Olá! muito legal essa reflexão! realmente somos responsáveis pelos nossos atos e temos que ter cuidado e pensar antes de agir! bjo

    ResponderExcluir
  7. Linda mensagem que dividiu conosco amiga.
    Uma reflexão para levarmos para a vida toda.
    Amei.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  8. Nossa, bela mensagem, e é assim mesmo que devemos agir, não aceitar as coisa ruins, deixar com quem deseja nos dar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Realmente cada um de nós somos responsáveis pelos sentimentos que carregamos dentro de nós... Uma bela mensagem amore, gostei muito do post

    ResponderExcluir
  10. Gostei minda sa mensagem.
    Otimo post bjs

    ResponderExcluir
  11. Que linda mensagem para refletir e não aceitarmos provocações!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. amei seu post querida bjus grandes

    ResponderExcluir

Seja bem vindo(a), sua presença nos deixa muito feliz!
Bjos,
Volte Sempre!

Receba no seu email

Coloque seu email:

Assine nosso FeedBurner

.

.

Divulga Links

Siga-nos por Email

Postagens populares