Tradutor - Translate

02/07/14

Confiança

Olá meninos e meninas tudo bem?

Lendo sobre vários assuntos nos meus achados e perdidos encontrei esse, que fala sobre confiança, e trouxe para refletirmos juntos.

Construindo a confiança
Solidão

Em quantas pessoas você realmente confia? A pergunta soa um tanto ingênua, mas nos faz refletir a respeito das nossas relações nos dias atuais.
Conhecemos um maior número de pessoas com as quais convivemos, os relacionamentos se multiplicam, os contatos sociais são facilitados.

Comunicamo-nos mais facilmente, através de e.mails, sites de relacionamento, telefones móveis.

E, paradoxalmente, nos sentimos cada vez mais sozinhos, mais vazios. Cheios de nomes na agenda telefônica, sem que possamos neles confiar, sem que possamos com eles contar, sem que tenhamos com quem dividir angústias, receios, medos e solidão.

Como escreveu o comediante americano George Carlin, construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos cada vez menos.

E, como consequência, temos muitos conhecidos, mas conhecemos muito pouco as pessoas. Daí, nossa dificuldade em encontrar em quem confiar, com quem dividir os pesos que, muitas vezes, trazemos na alma. E gostaríamos de ter com quem compartilhá-los.

Mas, de onde nasce a confiança? Como se constrói a confiança de uns nos outros?

Se analisarmos que confiar pode ser interpretado também como fiar com, entendemos que a confiança se constrói no exercício contínuo da convivência, do estar junto, do fiar as coisas do dia-a-dia com companheirismo.

Quando nos permitimos a convivência com o próximo, o compartilhar das experiências, o dividir das responsabilidades, que aos poucos irão crescendo, estamos fiando as coisas da vida com os companheiros de jornada.

É natural que a confiança não nasça rápida e indistintamente. É necessário que seja cultivada, que seja vivenciada. Aí está o fiar com alguém.

Aquele que não se permite dividir pequenas tarefas, pequenas responsabilidades com o outro, sempre a desconfiar de alguém, descarta de antemão a possibilidade de construir a confiança mútua.

É verdade que seria insensato confiar sentimentos, informações ou decisões indistintamente, com qualquer pessoa do nosso relacionamento.
Mas o oposto também é um erro.

Sempre haverá aqueles com os quais poderemos começar o exercício da convivência, do compartilhar o pouco, para logo mais a confiança começar a se estabelecer.

Permitamo-nos sair da solidão e do isolamento, mesmo que cercados de uma multidão, para buscar esse ou aquele companheiro, a fim de iniciar o exercício de fiar juntos o sentimento da confiança.

Alguns logo nos mostrarão que não estão dispostos a esse exercício. Outros caminharão apenas um trecho conosco.

Porém, sempre haverá aqueles que aceitarão o convite da construção da amizade e da confiança.

Para chegar até esses, inevitavelmente passaremos por uns e outros. Mas serão sempre o convívio, o conhecimento mútuo e o compartilhar, as ferramentas que melhor nos servirão para a construção da confiança e da amizade.

Pensemos nisso e nos empenhemos nessa elaboração lenta e preciosa da confiança.
Redação do Momento Espírita.
Em 22.10.2010.
Divisória
Abraços e carinhos, até o próximo ..
My
Masso Vita

11 comentários:

  1. Bom dia!
    A confiança ao meu olhar é: Se gosta de mim e verdade, vai estar comigo com ou sem dinheiro, com saúde ou sem saúde, com tudo bem e com tudo errado. Desconfie daquelas pessoas que aparecem quando você tem algo a oferecer.
    Amigos de verdade estarão conosco todo o tempo e independentemente das circunstâncias.

    Visite: www.palavradiariadevida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Paulo, concordo com você, quem gosta de nós está ao lado em todos os momentos, quando estamos bem ou mal seja financeiramente seja na saúde. Quem fica só quando tem algo a ganhar em troca não sente nada por nós, apenas sente interesse no que podemos ofertar, não havendo oferta não á amizade. Típico nos dias atuais.

    Abraços!
    My

    ResponderExcluir
  3. Minda querida,
    lindo texto!
    Sim, precisamos nos comunicar mais, acreditar mais, dar a chance de acreditar em alguém...há pessoas não confiáveis, mas ainda há pessoas maravilhosas para dividirmos nossas alegrias e tristezas, temos que ter discernimento!
    Nada de solidão, seja um grande observador!
    Bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde My! Belo texto reflexivo! Gosto disso! Também acredito que a confiança vai se firmando com o passar do tempo...Não podemos nos isolar atrás da telinha, até mesmo por aqui, quantas amizades fazemos e quantas delas ficam, e se firmam, e mesmo não as conhecendo pessoalmente, temos um sexto sentido que nos diz, essa é a pessoa...Claro que isso é raro, ter prudência e ser sensato é a melhor coisa.
    Beijos com muito carinho
    Marilene

    ResponderExcluir
  5. A gente bem interessante seu ponto de vista sobre confiança... Fiquei pensando, eu realmente confio em poucas pessoas, bem poucas mesmo... Nos meus pais, minha irmã e meu namorado, apenas... É complicado né?? Mas sei lá... Talvez eu pense errado, talvez não... Mas já confiei muito em outras pessoas e aquilo não deu certo, sabe? Então agora eu estou mais fechada para isso. u.u
    Gostei do seu texto.

    Beijos
    http://www.garotaeseuslivros.com/
    https://www.youtube.com/user/anacrisinah <3

    ResponderExcluir
  6. A verdade é que precisamos ter confiança, nos dias de hoje é dificil achar alguém no qual possamos conversar,desabafar, mais há sempre alguém que podemos confiar, só não podemos é ficar isolados como está escrito no texto. My passando pra desejar uma ótima quinta-feira beijos.

    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderExcluir
  7. Texto lindo My mas nao e facil a cada dia esta mais dificil em acreditar, em confiar em alguem ,sem interesse nenhum mas com certeza ha sempre alguem. Torco pra dias melhores!
    bjus

    ResponderExcluir
  8. A tecnologia facilita, mas afasta as pessoas.
    São poucas as pessoas que podemos confiar;

    ResponderExcluir
  9. Faz parte da nossa evolução. A confiança vem da sintonia de pessoas afins e isso só o tempo pode nos dar. Bjs querida.

    ResponderExcluir
  10. Olá linda vim retribuir a visita, também sou da Agenda dos blogs.
    Relativamente ao seu texto, tenho tido experiencias maravilhosas com pessoas que conheci olnine e depois na vida real mostrou-se ser de total confiança ♥
    http://sarranheira.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  11. Também continuo a ser ingénua, mas vou abrindo os olhos cada vez mais :)

    ResponderExcluir

Seja bem vindo(a), sua presença nos deixa muito feliz!
Bjos,
Volte Sempre!

Receba no seu email

Coloque seu email:

Assine nosso FeedBurner

.

.

Divulga Links

Siga-nos por Email

Postagens populares