Tradutor - Translate

16/06/14

Plágio, a verdade de cada um

Olá meninos e meninas tudo tranquilo por aí?

Aqui pras bandas do sul tudo na santa paz de Deus.

Este final de semana estive lendo em alguns blogs de amigos e parceiros, e vi que o plágio anda a solta, o que me entristece muito. É maravilhoso ver sua obra divulgada, mas copiada e assina como sendo de outra pessoa não é nada legal certo?

Eu poderia colocar aqui tudo que já foi dito em vários blogs, mas resolvi fazer diferente, trouxe para nós refletirmos uma mensagem que aborda esse assunto de modo diferente, e espero que cada um de nós possamos refletir sobre isso e por a mão na nossa consciência.

A verdade de cada um
A verdade de cada um
É natural que os pais se sintam orgulhosos com as conquistas dos seus filhos. Afinal, depois de os ver nascer, conquistar a liberdade dos primeiros passos, a segurança das expressões verbais, vê-los crescer e receber medalhas, é gratificante.

Com certeza, não há pais que fiquem insensíveis a uma apresentação teatral, uma dança, uma declamação do filho.

Em se tratando de receber prêmios, é bem difícil se saber quem vibra mais: os pais ou o filho que os abraça.

Em todo esse processo, no entanto, é importante, na qualidade de educadores, verificar até que ponto nossos filhos são merecedores dos prêmios e das medalhas que recebem.

Em certa livraria, contou uma vendedora que foi procurada por uma cliente, que desejava comprar determinada obra. Era um livro de poesias.

Depois de encontrado o livro, retirada a nota fiscal e efetuado o pagamento, enquanto a senhora observava a vendedora embrulhar com cuidado a obra, comentou:

Este livro é muito bom. Minha filha o usa para escrever as suas poesias. Ela muda uma palavra aqui, outra ali. Altera algumas frases e pronto. Ela até já recebeu vários prêmios na Academia de Artes de que participa.

Não menos grave é o caso daquela aluna, cuja professora apresentou para a classe uma poesia de sua autoria. A aluna pediu cópia e recebeu.

Passados alguns dias, a professora recebeu uma ligação da mãe da garota que lhe informava que ela levara a sua poesia para um concurso, assinando com seu próprio nome. E fora premiada.

A última frase da mãe, orgulhosa, foi:

A senhora não se importa, não é mesmo?

Quem deveria se importar e muito era ela mesma. Toda vitória alcançada nos degraus da mentira não é válida. Devemos aplaudir sim, o esforço dos filhos que se esmeram no estudo, embora não alcancem as notas mais elevadas que gostaríamos.

Alegrarmo-nos com as conquistas que são fruto do esforço pessoal. Se pactuarmos com a mentira, com a enganação, não estaremos dando aos nossos filhos a educação de que necessitam para se tornarem homens de verdadeiro valor.

Estaremos lhes dizendo que não importam os meios. O que importa é o aplauso dos homens e as honrarias do mundo.

Tenhamos maior atenção. De que vale a medalha de ouro, bronze ou prata que brilha no peito do nosso filho, se sabemos ser uma farsa?

Da mesma forma, de que valem as notas elevadas se são produto da cola, o que não deixa de ser um tremendo engano, pois poderá nosso filho desta forma conseguir o diploma, jamais o conhecimento.

Ensinemos nossos filhos a honrarem a verdade e a não se importarem com prêmios e conquistas à custa de farsa e mentiras.

Ensinemos a eles que o homem vale pelo que é, não pelo que aparenta.
Redação do Momento Espírita com base no artigo À sombra do plágio, publicado no Jornal Nova Alvorada, de março/abril 1999.
Plágio
Acredito que o texto fala tudo, inclusive de onde muitas vezes começa a problemática, somos responsáveis por aquilo que semeamos, então vamos cuidar da nossa semeadura para que tenhamos ótimas colheitas.
A todos os amigos e blogueiros que estão passando por esse problema, desejo de coração que isso seja resolvido o mais rápido possível.
Aos pais e mestres como nos diz o texto, "Ensinemos nossos filhos a honrarem a verdade e a não se importarem com prêmios e conquistas à custa de farsa e mentiras." Hoje são os outros a reclamar, amanhã pode ser eu, você, nós.
A todos desejo uma semana abençoada!!!

Abraços e carinhos, até a próxima ...
My
Masso Vita Minda

28 comentários:

  1. Verdade My... tb tenho observado muito isso.

    E, falando de Blogs, as vezes nem tem o fato da pessoa copiar e assinar seu nome mas, isso de copiar tudo o q o outro faz, pra mim tb é cópia.

    É uma coisa complicada isso né, as vezes a pessoa não faz por maldade, mas mesmo assim acho q é o tipo de coisa q a gente tem q pensar bem. É tão mais bonito ser original :/

    Bjo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    ResponderExcluir
  2. Penso da seguinte forma Anna, se for copiar de nome aos bois ou seja, de os créditos ao autor, é simples e indolor. Mas querer fazer fama em cima do trabalho alheio não é legal.

    Sim, é uma situação pra lá de complicada .... Espero que isso passe logo, e que as pessoas mudem o modo de agir.

    Bjos
    My

    ResponderExcluir
  3. Encontrar nossos posts em outro blog sem os devidos créditos e muito triste. acho um absurdo . E plágio é crime e pedir permissão não e tão doloroso assim.

    ~Beijos

    Acesse || http://feninas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Stephany, não é nada bom ver o que levamos horas fazendo ser copiado e ainda assinado como se pertencesse a outra pessoa.
      Eu tenho esperança que um dia isso seja só uma lembrança ruim, que as pessoas se conscientizem e não aja mais esse tipo de atitude.

      Bjos minha flor,
      My

      Excluir
  4. Boa tarde Minda!
    Amei a sua postagem!
    Aliais como sempre vc acerta nessa reflexões...
    Claro que isso ñ é uma reflexão é algo sim para pensarmos. Eu tbm acho que devemos ensinar os nossos filhos, quase desde que eles nascem,para que ñ se torne adultos problemáticos delinquentes etc.
    Fico triste tbm com tudo que esta acontecendo com as blogueiras, eu desejo que tudo se resolva da melhor maneira possível. Eu não sei se é o caso desses plagiadores, mas quando comecei a blogar, não sabia o que era plágio,não sabia o que era nada. E um dia recebi por e-mail uma poesia do dia do amigo e postei em meu blog, na maior inocência mesmo. Nem sei quanto temo se passaram e recebi um outro e-mail tipo uns questionários e respondi tudo com sinceridade. Ok! Uns dias depois li um comentário na postagem que os versos eram lindos e que pertenciam a ela e que ficou muito bem ali etc.
    Cliquei no rosto que aparecia e disse a ela que recebi pelo dia do amigo pedi mil desculpas e que colocaria o seu nome em baixo. Nem sabia que a palavra certa seria créditos. Enfim foi o que fiz, pedindo mil desculpas.Retornei ao meu blog respondi o comentário da poetisa, dei os créditos a ela, me lembro que passei a seguir o seu blog, nem sei se ela segue o meu. Mas tbm abandonei o meu blog e foi isso.
    É o que vc diz, acha bonito alguma coisa dê os créditos é tão fácil e honesto!....
    Ah! Obrigada por ter ido na agenda já respondi todos os comentários, acho que só falta ela aceitar.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  5. É assim que eu peno Célia, também já caí em roubadas desse tipo, de pegar algo na net e ser acusada de plágio quando lá dizia autor desconhecido. Fizeram um post falando que eu era plagiadora etc ... O que me irritou foi que a pessoa em questão nem me perguntou nada apenas me acusou, mas são águas passadas, e eu aprendi com isso.

    Eu penso que devemos acabar com o que acontece no momento, mas devemos começar pela raíz do problema como fala tão bem esse texto.

    Fico feliz que tenha gostado.

    Bjos
    My

    ResponderExcluir
  6. Minda, que absurdo da mãe!
    A filha estava errada, mas a mãe incentivava o erro, a cópia, a falsificação,meu Deus!
    devemos ensinar a nossos filhos a serem autênticos, sempre disse aos meus, que façam o que souberem nas provas e as entreguem, pois colar não acrescenta conteúdo, não adianta querermos enganar ao professor, aos pais à sociedade, temos que aceitar nossas dificuldades e lutarmos para superá-las da melhor forma possível!
    Que educação é essa?
    Bjus querida
    O caráter se forma pelas atitudes dos pais, eles são nossos exemplos de postura .
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  7. Pois é Elyane, sei que o problema existe e está acontecendo hoje com várias pessoas, sei que devemos combater isso agora, mas ao mesmo tempo se pegarmos e curarmos o mal na raiz, talvez num futuro próximo isso não mais será necessário ....

    bjos minha linda ...
    My

    ResponderExcluir
  8. Venho da Agenda dos Blogs,Passando para te visitar e para te convidar a visitar e fazer parte de meu novo blog, e que o antigo foi invadido e excluído,estou seguindo todos os amigos novamente, mas devagar estou recomeçando, uma semana abençoada! http://proaisesilvaartedeeducar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza visitarei e seguirei seu espaço Aise,

      Bjos
      My

      Excluir
  9. Bom dia Minda.
    Meus parabéns pela forma que abordou o assunto, muito bem colocado. Devemos ser original sempre e verdadeiro. Da aos nossos filhos o exemplo, esse o acompanhará para sempre.
    Uma linda semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que a originalidade permaneça sempre!

      Bjos
      My

      Excluir
  10. Boa tarde, Myera. Muito bom texto e realmente reflexivo.
    Abismada fiquei com a falta de firmeza dos pais em acharem muito normal se apropriarem de uma obra intelectual, apenas para ver que seus filhos "ganhariam" a vantagem do reconhecimento, que na realidade nem seu era.
    Seguir no caminho da verdade, sempre, ainda que as notas sejam medianas, que uma obra não solte aos olhos, não emocione tanto, seja mais comum, ao menos, partiu de um coração sincero que falou o que sentiu, expressou-se do modo como sabia, não furtou nada de ninguém, tampouco a alma alheia.
    Que a educação seja sempre o foco primordial de valor, que nossos filhos compreendam a necessidade da honestidade, e em nada sejam os pais omissos e permissivos com o senso errôneo de "normalidade", respeito e autenticidade.
    Lamento muito por pessoas que plagiam obras alheias, sem ética alguma, um desvio imenso de caráter.
    Se somos admiradores do escritor, que publiquemos com sua autorização dando os devidos créditos.
    Valor algum existirá se não for assim.
    A nossa alma é única, cada qual tem a sua e deve ser usada a favor do bem.
    O dom em cada ser existe, basta apenas encontrar.
    Caso contrário, serão sempre sombras a nos rodear e causar o incômodo da frustração que neles existem.
    Não podemos ser vítimas de atos nefastos como o crime do plágio. Devemos denunciar, tomar todas as medidas cabíveis para banir essa praga.
    Sou solidária a todos os que passaram por isso.
    Tenha uma semana de paz!
    Amei o texto muito bem colocado, Myera.
    Um grande alerta.
    Fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Patrícia, sei que o problema é urgente e que existe hoje, agora, mas se não mudarmos nosso modo de ver as coisas, e nossas atitudes nada vai mudar no futuro ....

      Vamos mudar a lei do "sempre tem um jeitinho brasileiro" e acabar com isso que vemos diariamente em todo lugar. Que cada um faça sua parte para um mundo melhor.

      Beijo e paz minha amiga,
      My

      Excluir
  11. Olá, Minda, adorei sua postagem, eu sempre que pego algumas imagens e referências de outros blogs ou sites eu dou os devidos créditos no final da postagem. Quem não faz isso está cometendo um crime, pois mesmo não sendo registrado na Biblioteca Nacional os posts são nossos, a gente que escreve, que teve a imaginação e intelectualidade, não seria justo alguém simplesmente copiar e colar o texto sem dar o crédito a quem realmente escreveu... Eu percebo isso em alguns blogs que visito, não exatamente um plágio, mas uma grande parte sempre acaba falando da mesma coisa, quase do mesmo jeito... De qualquer forma, você fez um grande alerta! Beijos

    http://gotinhasesperanca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem o que fala Michele, quem já não teve um post copiado?
      Com certeza não é nada bacana, mas, quem quer estar aqui já deve saber que isso vai acontecer cedo ou tarde, então quando vermos isso, vamos denunciar, é a nossa arma legal, e torcer para que um dia isso acabe.

      Bjos
      My

      Excluir
  12. Ola My,
    Foi uma honra te-la la no meu cantinho.
    Eu tenho meu blog desde 2008, voce acredita que em 2009
    eu descobri um blog que era igualzinho o meu, ate o nome Bandys.
    Mandei um email para pessoa, ela com a cara de pau disse: acho seu blog lindo
    eu não posso continuar?
    Enfim seu texto é muito bom e tomara que as pessoas se conscientize
    que o CRIAR é muito mais bacana.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é complicado, uma vez uma criatura me acusou de plágio, e o mais interessante é que a mesma fez um blog no estilo do meu, até com o mesmo nome ... Resumindo ... Tem muita cara de pau na net rsrs

      É complicado, mas não podemos desistir por nada nem ninguém ...

      Bjos
      My

      Excluir
  13. Gosto muito de poemas e textos My, nem sempre são meus sempre coloco o nome da autora pois acredito que todos são conhecidos.
    Por isso quando uso gosto de usar de escritores mais conhecidos para não acontecer isso.... belo post beijos!

    ResponderExcluir
  14. Sol eu também faço isso, esse mesmo não é meu, mas achei tão relevante que postei, mas os créditos estão ali. Divulgar algo que gosta não é pecado, roubar a autoria sim ...

    Falamos de quem rouba pra si o que outro escreveu ou criou, divulgar não é plagiar, contanto que você de os devidos créditos ao autor. Infelizmente algumas pessoas não fazem isso ...

    Bjos minha linda,
    My

    ResponderExcluir
  15. É sempre bom ensinar os filhos sobre esse assunto que é muito importante, My beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha tia sempre dizia, que é de pequenino que se torce o pepino, bom acho que a educação começa em casa ...

      Bjos
      My

      Excluir
  16. Isso é roubo descarado né mesmo e com o apoio da mãe ainda afff...
    Tem mesmo muitos blogueiros passando por esses problemas, mas sabe o que me deixou mais triste qdo levantei a questão no meu blog? Foram que muitos achavam normal...fazer o que né.....uma até me disse, caiu na rede é livre, e não é bem assim.
    Dar os créditos é o minimo que podemos fazer.

    ResponderExcluir
  17. Eu concordo contigo Patrícia, e realmente tem muita gente cara de pau, e acho que copiar dando os créditos ao autor não é tão grave, é até divulgação. Agora copiar e ainda assinar como autor isso mostra o caráter da pessoa ... Se é crime devia ser preso como qualquer criminoso ...

    Bjos
    My

    ResponderExcluir
  18. Mynda, publicamos no R.O. há dias sobre esse crime,mas me parece que quem o comete não está nem aí. Agora estão a plagiar os cards que faço no facebook com meus poemas e com as imagens que escolho. Eles nem tem o trabalho de tirar a marca d'água. Copiam por cima mesmo e assinam por baixo e o pior é que são pessoas que se dizem amigas. Não precisa colocar o link da minha page, mas pelo menos que respeitassem a minha escrita que é só minha e tão pessoal... Ando desanimada, amiga!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo Malu, e não sei como isso pode ser resolvido, por isso fiz esse post, para dar um alerta de onde começa o problema. A cada dia fica mais complicado fazer qualquer coisa na net a falta de respeito de uns desanima mesmo.

      Denuncie é só o conselho que posso lhe dar, porque a resposta para o problema não sei mesmo ...

      Bjos minha querida,
      My

      Excluir
  19. O que notei na postagem é a colocação da "ética" na educação dos filhos. Se não temos essa conduta em nossas vidas, não podemos passar esse conjunto de valores para os outros. Daí vem os maus exemplos como corrupção (já vi crianças corruptas), desonestas em qualquer situação. O exemplo dado aqui é que na internet a falta de caráter se espalha mais rápido e toma uma proporção maior. Os conceitos é que devem ser revistos. Honestidade não é sinônimo de idiotice (ainda que pareça para muitos). Bjs

    ResponderExcluir
  20. Sei bem como é Cris, eu mesma já passei por isso então sei bem o que é isso. Sei que devemos combater o mal pra ontem, e isso já li em vários blogs, e sou de pleno acordo. Acho que devia existir leis mais eficazes das que já temos, com mais vigor. Porque só atraves de leis que poderemos mudar os que praticam isso.

    Mas nada mudará se não começarmos a ensinar nossos pimpolhos desde cedinho o significado de ética, honestidade e respeito, quem sabe no futuro teremos uma geração melhor que agora ... Porque eu ainda acredito que existam pessoas de bem nesse mundo ....

    Bom te ver por aqui Cris,
    Bjos
    My

    ResponderExcluir

Seja bem vindo(a), sua presença nos deixa muito feliz!
Bjos,
Volte Sempre!

Receba no seu email

Coloque seu email:

Assine nosso FeedBurner

.

.

Divulga Links

Siga-nos por Email

Postagens populares