Tradutor - Translate

12/08/13

Tenossinovite você sabe o que é?

Tenossinovite
Olá meninos e meninas tudo bem com vocês?

Que tal entenderemos mais sobre esta patologia um tanto quanto comum no dia-a-dia das pessoas que trabalham com esforços repetitivos, a tenossinovite!

A expressão Tenossinovite é utilizada usualmente para definir uma inflamação da membrana que recobre o tendão. Esta membrana tem a dupla função de lubrificação e nutrição do tendão, sendo que no seu interior é que ocorre o deslizamento dos tendões, quando da execução de qualquer movimento.

Do ponto de vista anatômico o diagnóstico de tenossinovite é firmado toda vez que existe um componente inflamatório que engloba tanto a Membrana Sinovial quanto o Tendão, como um bloco.

Tenossinovite
É a Tenossinovite, na grande maioria das vezes, uma consequência de alguma doença sistêmica. Podemos citar como exemplo de doenças que causam tenossinovite alguns reumatismos, doenças metabólicas, infecções, alterações hormonais e distúrbios imunológicos. Pode ainda a Tenossinovite ser também secundária a trauma direto ou micro traumas de repetição.

Por vezes, a tenossinovite pode se instalar após um período de hiperatividade envolvendo uma determinada unidade músculo-tendínea, onde o estímulo anormal ou em excesso induz a sinóvia a aumentar a quantidade de líquido, na tentativa de melhora da lubrificação. Tal condição pode estar relacionada a um esforço repetitivo que, se ocorrer dentro do trabalho, deverá ser enquadrado como um caso de DORT.

Em sua fase inicial, as tenossinovites por micro traumas de repetição são de fácil tratamento. A simples supressão do estímulo nocivo gerador da inflamação associado a medidas anti-inflamatórias locais e sistêmicas são, na grande maioria das vezes, suficientes para a cura do processo.

Dentre os locais mais comumente acometidos pelas tenossinovites de MMSS temos os tendões flexores e extensores dos dedos das mãos, o tendão do abdutor longo e extensor curto do polegar (Síndrome de De Quervain), e os tendões dos flexores dos dedos (dedo em gatilho).

Locais mais comuns onde ocorre:
- Joelhos,
- Ombros,
- Tornozelos, 
- Cotovelos e
- Punhos.

Os Sintomas:
- Dor no tendão;
- Falta de força muscular;
- Inchaço local;
- Crepitação do tendão ao movimentá-lo (tendinite crepitante).

Estes sintomas instalam-se aos poucos e tendem a piorar ao realizar movimentos ou realizar esforços,  podendo apresentar-se agudamente, na região dorsal do polegar. Podendo irradiar para o antebraço. Com o avanço da doença o paciente tem dificuldade para segurar objetos (xícara, caneta, ferramentas) que exijam a posição de pinça do polegar -  (torcer  roupa, abrir a porta, abrir tampa de latas.

A Conduta Ocupacional e Prevenção que devemos ter:
- Correção de posturas viciosas nos postos de trabalho.
- Respeito as suas limitações em ritmo de trabalho, força física, pausas compensatórias.
- Condicionamento físico adequado para a realização das tarefas a que se propõe.
- Tratamento das infecções sistêmicas.

Tratamento:
Exercícios de reabilitação, relaxamento, alongamento e descanso em casos mais graves cirurgia.
Barrinha

Sabem o porque dessa matéria hoje? Porque algumas pessoas que eu conheço tem essa doença, e hoje estão tendo problemas para exercer na sua profissão, meu cabeleireiro, precisou operar, ficou mais de mês sem poder trabalhar, sabe como ele adquiriu isso? 

Por causa da tesoura,  o movimento repetitivo causou a lesão, ele é profissional liberal, e por trabalhar sem descanso,   acabou um logo tempo sem poder trabalhar, agora tem de o fazer com muito cuidado. 

Um amigo mecânico  está com o braço direito totalmente sem forças, está com dificuldade para exercer sua profissão, além da dor que é intensa. E assim acontece quando nós não damos atenção aos cuidados que precisamos ter com o nosso corpo, e o sobrecarregamos.

Então meninos e meninas, se você conhecer a doença, conhecer os sintomas, fica mais fácil de se prevenir, do que remediar depois. Cuide de seus hábitos, faça alongamento e exercícios, relaxe, cuide-se.

Quem ama cuida, então AME-SE  e CUIDE-SE !!!

Gostou? Conhece alguém que já passou ou passa por isso? Deixe-nos sua opinião, ela é importante para nós !

Abraços e carinhos,
My

9 comentários:

  1. Já ouvi falar eu morro de medo se isso vier acontecer comigo, My passando pra desejar uma ótima semana beijos.
    Blog:Lucimar Estrela da Manhã

    Grupo:Divulgue seu blog no Facebook

    Fan Page

    Me encontre no Pinterest

    ResponderExcluir
  2. Ótima matéria, de tanto digitar sofro destes problemas.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente eu tenho essa doença desde 86.
    Já fiz 2 cirurgias, fisioterapias.
    Uso anti-inflamatório.imobilização dos punhos.
    infiltração da bainha com corticóide. Melhora mas não adianta.
    Qualquer coisa é paliativo.
    Não consigo exercer mais as minhas atividades laborativas.
    A dias que mal consigo segurar um copo descartável.
    Dort Doença óssea relacionada ao trabalho.Essa foi a herança que recebi da empresa que trabalho.
    Por isso que as vezes quase ñ comento em blogs. Já fiz um texto sobre isso, principalmente pela minha ausência.
    Quando consigo digitar mais ou menos digito com a caneta, como agora.
    No meu caso a dor se estende ao ante-braço tbm.
    Bjsss e desculpa a extensão do comentário.

    ResponderExcluir
  4. Isto dói muito.

    www.chorodorisosa.blogspot.com.br

    Seguindo.

    ResponderExcluir
  5. Oi , vi seu blog na lista do blog "Siga-me" vim conhecer e já estou te seguindo , vem seguir o meu também http://ateliefeitoaquatromaos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Meu eu não sabia o bendito nome!
    E tão feio como a dor que e muito forte.

    ResponderExcluir
  7. Muito bom seu Blog!
    Fis comentários e compartilhei!
    Faça-me um favor:
    Visite o meu www-residenci-lar.blogspot.com
    Vote e comente por favor.

    ResponderExcluir
  8. Oi vi seu blog na lista do siga-me,já estou te seguindo,vem seguir o meu também.Bjs
    www.crochetelinhasdaciene.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ola trabalhei em navios pouco tempo tive um acidente de trabalho. Uma cadeira de madeira caiu no meu tornozelo e desde então sinto dor. No início n sabiam o que era. E mesmo hj tem médico que n vê. Mas e esse bendito. Ainda tenho que trabalhar em pé. Mas doi muito e eles pensam que e brincadeira. Meu andar ahh como e pesaroso. E olha q eu amo caminhar mas tem dia q não dá.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo(a), sua presença nos deixa muito feliz!
Bjos,
Volte Sempre!

Receba no seu email

Coloque seu email:

Assine nosso FeedBurner

.

.

Divulga Links

Siga-nos por Email

Postagens populares